10h30

Outubro Rosa: médica fala sobre o combate ao câncer de mama

Compartilhe
Tamanho do Texto
Outubro Rosa: médica fala sobre o combate ao câncer de mama

O Brasil deve contabilizar 59.700 casos de câncer de mama em 2019 e registrar 59 novos diagnósticos da doença em cada 100 mil mulheres, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA. No mês da campanha Outubro Rosa, profissionais de assistência, diversas entidades de saúde e órgãos públicos unem esforços para chamar a atenção para a importância de medidas voltadas ao combate da doença que é o tipo de câncer mais comum entre mulheres de todo o mundo.

A médica oncologista do Hospital Santa Izabel, Daniela Barros, fala sobre a importância dos exames de rastreamento para a identificação precoce da doença. A especialista destaca a realização regular da mamografia. “Geralmente, o exame é recomendado para mulheres a partir dos 40 anos e deve ser feito uma vez por ano. O perfil e histórico familiar da paciente também determinam quando o exame deve começar a ser feito e com que frequência”, afirma.

Segundo Daniela Barros, o autoexame das mamas é um instrumento para as mulheres conhecerem o próprio corpo e perceberem mudanças, como lesões precoces, ainda que o procedimento não substitua o exame clínico.  “O ideal é que seja realizado entre 3 e 10 dias após a menstruação ou em uma data fixa, nas mulheres que não menstruam”, orienta.

De acordo com a especialista, nódulos (caroço) fixos, endurecidos e, na maioria das vezes, indolores, podem ser sinais do câncer de mama. Pele da mama avermelhada, com aspecto de casca de laranja ou retraída, alterações no mamilo (bico do peito), pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço, bem como eliminação involuntária de líquido pelos mamilos, também podem ser sintomas da doença.

Programação Especial - Diversas iniciativas acontecem ao longo do mês em vários pontos da cidade de Salvador com o objetivo de mobilizar a população em torno dos esforços da campanha Outubro Rosa. O Hospital Santa Izabel está com a fachada iluminada com a cor rosa e tem programação de atividades durante todo o mês para pacientes, acompanhantes e funcionários. Palestras, oficinas de turbantes e automaquiagem, distribuição de laços rosas que simbolizam a campanha e de material informativo sobre o câncer de mama fazem parte do calendário especial.

Certificações
Selo Diamante em Hemodinâmica
Selo Diamante em Hemodinâmica

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Santa Izabel foi o primeiro da Bahia a receber a mais alta certificação de qualidade nos procedimentos de hemodinâmica e cardiologia intervencionista, conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Menos de dez serviços de hemodinâmica alcançaram essa certificação no Brasil. 

O selo diamante, concedido em parceria com o IQG - Health Services Accreditation é considerado o nível máximo de qualidade. Ele atesta o compromisso da unidade com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente, a qualificação profissional e a melhoria dos processos.

Acreditação com Excelência ONA 3
Acreditação com Excelência ONA 3

O Santa Izabel tem Acreditação com Excelência referente a três níveis: Segurança do Paciente, Gerenciamento de Risco e Rotina, e os indicadores de Qualidade e de Desempenho. A Acreditação é emitida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e é o nível máximo obtido a nível nacional. A assistência ambulatorial e hospitalar contempla os pacientes particulares e conveniados às principais operadoras e planos de saúde, além dos usuários encaminhados para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Certificação Internacional QMentum Diamond
Certificação Internacional QMentum Diamond

O Hospital Santa Izabel conquistou em agosto de 2019 a certificação internacional QMentum, que atesta práticas de gestão e de assistência mais transparentes e seguras, igualadas a padrões de excelência internacionais. O modelo da Acreditação QMentum International possui as seguintes diretrizes de avaliação: foco epidemiológico, acessibilidade, segurança, segurança ocupacional, cuidado centrado no paciente, continuidade do cuidado, efetividade e eficiência. O Hospital Santa Izabel tornou-se integrante QMentum International IQG em 2017, quando iniciou a adequação e melhoria dos processos internos, como forma de garantir a maior segurança e qualidade assistencial e a redução dos riscos no ambiente hospitalar.

HIMSS EMRAM 7
HIMSS EMRAM 7

O Hospital Santa Izabel conquistou, em 2019, a certificação da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 e se tornou o oitavo hospital brasileiro a ser reconhecido pela metodologia considerada uma das mais importantes a auxiliar a transformação digital de unidades de saúde. Para tal, a Santa Casa da Bahia ampliou os investimentos para implementar novas soluções tecnológicas com capacidade de melhorar a qualidade e segurança da assistência ao paciente e transformar o Santa Izabel no primeiro hospital digital do Estado.

2019 - 2020. Santa Casa da Bahia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital