10h00

Consumo de cigarro durante pandemia cresce, preocupa e será discutido por especialistas

Compartilhe
Tamanho do Texto

O tabagismo durante a pandemia e os desafios na prevenção do câncer de pulmão estarão nesta quarta-feira (2) no centro das discussões durante o bate-papo virtual que o Grupo Oncloclínicas, em parceria com o Hospital Santa Izabel, realizará, às 17 horas, reunindo as médicas oncologistas Clarissa Mathias e Tércia Reis, e as médicas pneumologistas Larissa Voss e Natália Paim.


Além de esclarecer os questionamentos dos internautas, as especialistas abordarão durante a live, que poderá será cessada através da página @hospitalsantaizabel no facebook ou pelo link: LIVE Combate ao Fumo, questões como o expressivo aumento do consumo de cigarro durante a atual pandemia de Covid-19. 


Este crescimento vem ganhando contorno ainda mais preocupante quando se observa que o tabagismo, além de causador de mais de 50 doenças crônicas, é fator de risco e complicador para pacientes com quadros de inflamação pulmonar por conta do novo coronavírus.  


Segundo os especialistas, se o vírus infectar um pulmão já inflamado, por conta do cigarro ou de doença, a probabilidade de morte é maior. Mesmo assim, recente pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontou que o uso da nicotina aumentou durante o isolamento social. Ansiedade, tristeza e depressão estão entre as causas apontadas para tal crescimento, que foi superior a 34 por cento.


A Fundação Oswaldo Cruz entrevistou 44 mil pessoas entre abril e maio deste ano. Do total de entrevistados, cerca de 34% se declararam fumantes. A pesquisa registrou que todos dentre esse público, sem exceção, afirmaram estar fumando mais após a pandemia do novo coronavírus. 
 

Certificações
Selo Diamante em Hemodinâmica
Selo Diamante em Hemodinâmica

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Santa Izabel foi o primeiro da Bahia a receber a mais alta certificação de qualidade nos procedimentos de hemodinâmica e cardiologia intervencionista, conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Menos de dez serviços de hemodinâmica alcançaram essa certificação no Brasil. 

O selo diamante, concedido em parceria com o IQG - Health Services Accreditation é considerado o nível máximo de qualidade. Ele atesta o compromisso da unidade com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente, a qualificação profissional e a melhoria dos processos.

Acreditação com Excelência ONA 3
Acreditação com Excelência ONA 3

O Santa Izabel tem Acreditação com Excelência referente a três níveis: Segurança do Paciente, Gerenciamento de Risco e Rotina, e os indicadores de Qualidade e de Desempenho. A Acreditação é emitida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e é o nível máximo obtido a nível nacional. A assistência ambulatorial e hospitalar contempla os pacientes particulares e conveniados às principais operadoras e planos de saúde, além dos usuários encaminhados para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Certificação Internacional QMentum Diamond
Certificação Internacional QMentum Diamond

O Hospital Santa Izabel conquistou em agosto de 2019 a certificação internacional QMentum, que atesta práticas de gestão e de assistência mais transparentes e seguras, igualadas a padrões de excelência internacionais. O modelo da Acreditação QMentum International possui as seguintes diretrizes de avaliação: foco epidemiológico, acessibilidade, segurança, segurança ocupacional, cuidado centrado no paciente, continuidade do cuidado, efetividade e eficiência. O Hospital Santa Izabel tornou-se integrante QMentum International IQG em 2017, quando iniciou a adequação e melhoria dos processos internos, como forma de garantir a maior segurança e qualidade assistencial e a redução dos riscos no ambiente hospitalar.

HIMSS EMRAM 7
HIMSS EMRAM 7

O Hospital Santa Izabel conquistou, em 2019, a certificação da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 e se tornou o oitavo hospital brasileiro a ser reconhecido pela metodologia considerada uma das mais importantes a auxiliar a transformação digital de unidades de saúde. Para tal, a Santa Casa da Bahia ampliou os investimentos para implementar novas soluções tecnológicas com capacidade de melhorar a qualidade e segurança da assistência ao paciente e transformar o Santa Izabel no primeiro hospital digital do Estado.

2019 - 2020. Santa Casa da Bahia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital