17h30

Ações efetivas para controle glicêmico durante pandemia são destaque no maior congresso de saúde da América Latina

Compartilhe
Tamanho do Texto

Começou ontem (16) e se estende até sexta-feira (20) o maior congresso de saúde da América Latina, o CONAHP 2020. Parte tradicional desta realização, que nesta edição ocorre no ambiente virtual (https://evento.conahp2020.com.br/recepcao), a sessão pôster selecionou e apresenta este ano dois trabalhos científicos de grande impacto desenvolvidos no Hospital Santa Izabel neste período de enfrentamento à pandemia.


"Redução de Hiperglicemia Severa e Mortalidade com Treinamento Virtual e Acesso Remoto para Prescrição de insulinas em emergência" e "Terapia Remota e Treinamento Virtual Melhoram Controle Glicêmico em Emergência Durante a Pandemia". Estes são os títulos dos trabalhos científicos selecionados. Eles são de autoria da médica endocrinologista Dra Alina Feitosa, coordenadora do Serviço de Endocrinologia e da Comissão de Controle Glicêmico do Santa Izabel, juntamente com Leonardo Gil Santana - residente de Clínica Médica do HSI, Greise de Sousa Nery - analista de business intelligence da Santa Casa da Bahia, e Dra Andrea Karoline Chagas Reis e Dr Marcos Matos  - ambos médicos cardiologistas e coordenadores da Emergência Adulto do Santa Izabel.


O primeiro pôster apresenta uma intervenção criativa de interconsultoria e prescrição de insulinas remotas e aulas virtuais que resultaram em otimização da insulinização, melhoria do controle glicêmico e tendência de redução de óbitos em pacientes com hiperglicemias severas na emergência nos momentos mais intensos da pandemia.


Já o segundo envolveu também apoio à decisão  terapêutica com prescrição de insulinas remota e aulas virtuais para equipes em ferramenta agregada ao painel de monitoração do paciente, iniciativas que contaram com o apoio da equipe de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Santa Casa da Bahia e melhoram o controle glicêmico de pacientes na emergência em meio à pandemia.


A Comissão de Controle Glicêmico Hospitalar (CCGH) do Hospital Santa Izabel conta com equipe treinada no rastreamento e tratamento precoce das hiperglicemias. Utilizando-se de protocolos internacionais, tecnologia e preparo, a CCGH já atuava no controle das glicemias, mantendo parâmetros de bom controle internacionais, e, após a pandemia, os esforços multiplicaram-se em vigilância e atuação 24 horas em prol do paciente.  “Foram dezenas de atendimentos por dia e, muitas vezes, casos severos, mas o trabalho de equipe, medicações e conduta de alto rigor científico produziram resultados de melhor recuperação”, afirma Dra. Alina Feitosa.


O CONAHP, tradicionalmente, reúne na Sessão Pôster os melhores trabalhos científicos, a fim de disseminar as melhores práticas do setor da saúde. Este ano, foram selecionados 204 trabalhos inscritos que destacaram as iniciativas e ações que vêm sendo realizadas por suas instituições para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Ações efetivas para controle glicêmico durante pandemia são destaque no maior congresso de saúde da América Latina
Certificações
Selo Diamante em Hemodinâmica
Selo Diamante em Hemodinâmica

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Santa Izabel foi o primeiro da Bahia a receber a mais alta certificação de qualidade nos procedimentos de hemodinâmica e cardiologia intervencionista, conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Menos de dez serviços de hemodinâmica alcançaram essa certificação no Brasil. 

O selo diamante, concedido em parceria com o IQG - Health Services Accreditation é considerado o nível máximo de qualidade. Ele atesta o compromisso da unidade com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente, a qualificação profissional e a melhoria dos processos.

Acreditação com Excelência ONA 3
Acreditação com Excelência ONA 3

O Santa Izabel tem Acreditação com Excelência referente a três níveis: Segurança do Paciente, Gerenciamento de Risco e Rotina, e os indicadores de Qualidade e de Desempenho. A Acreditação é emitida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e é o nível máximo obtido a nível nacional. A assistência ambulatorial e hospitalar contempla os pacientes particulares e conveniados às principais operadoras e planos de saúde, além dos usuários encaminhados para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Certificação Internacional QMentum Diamond
Certificação Internacional QMentum Diamond

O Hospital Santa Izabel conquistou em agosto de 2019 a certificação internacional QMentum, que atesta práticas de gestão e de assistência mais transparentes e seguras, igualadas a padrões de excelência internacionais. O modelo da Acreditação QMentum International possui as seguintes diretrizes de avaliação: foco epidemiológico, acessibilidade, segurança, segurança ocupacional, cuidado centrado no paciente, continuidade do cuidado, efetividade e eficiência. O Hospital Santa Izabel tornou-se integrante QMentum International IQG em 2017, quando iniciou a adequação e melhoria dos processos internos, como forma de garantir a maior segurança e qualidade assistencial e a redução dos riscos no ambiente hospitalar.

HIMSS EMRAM 7
HIMSS EMRAM 7

O Hospital Santa Izabel conquistou, em 2019, a certificação da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 e se tornou o oitavo hospital brasileiro a ser reconhecido pela metodologia considerada uma das mais importantes a auxiliar a transformação digital de unidades de saúde. Para tal, a Santa Casa da Bahia ampliou os investimentos para implementar novas soluções tecnológicas com capacidade de melhorar a qualidade e segurança da assistência ao paciente e transformar o Santa Izabel no primeiro hospital digital do Estado.

2019 - 2020. Santa Casa da Bahia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital