10h50

HSI apresenta trabalho científico em congresso do INCA sobre medicamentos usados no tratamento oncológico

Compartilhe
Tamanho do Texto

O Hospital Santa Izabel (HSI) participou do VII Congresso de Farmácia Hospitalar em Oncologia do Instituto Nacional de Câncer (INCA), realizado entre os dias 20 e 22 de outubro, no Rio de Janeiro, cujo tema foi “Perspectivas e desafios para a assistência farmacêutica em oncologia”. 

Na ocasião, farmacêuticos do HSI apresentaram um trabalho científico, em parceria com a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), com relato de experiência através da elaboração de um guia para manejo de reações adversas a antineoplásicos em um hospital de grande porte. 

Participaram do trabalho os farmacêuticos Bruno de Almeida Ribeiro, Cristiane Hoffmeister Rocha, Yasmin Coutinho dos Santos, Sayuri Rocha Yamashita, Aline Cristina Barros Luz Amaral e Rosa Malena Fagundes Xavier. 

Segundo a farmacêutica e coordenadora de Farmácia Hospitalar do HSI, Cristiane Hoffmeister Rocha, o objetivo deste guia é auxiliar os profissionais quanto à prevenção de reações adversas a antineoplásicos e ao seu manejo clínico seguro. 

“As reações adversas a medicamentos são eventos indesejados que ocorrem em doses usuais utilizadas em humanos. Os antineoplásicos podem desencadear tais eventos devido suas características farmacológicas. Fontes de informação confiáveis são indispensáveis para conhecer o perfil dessas reações e auxiliar na prevenção e manejo clínico adequado, favorecendo melhor qualidade de vida”, explicou Cristiane. 

O guia, elaborado em versão física e virtual, é composto por 113 medicamentos antineoplásicos (quimioterapia clássica, imunoterapia e terapia alvo), organizados em ordem alfabética.  

“O guia possibilitará a consulta rápida e segura sobre o manejo de reações adversas induzidas por antineoplásicos. Neste sentido, é uma importante ferramenta de consulta da equipe multidisciplinar, promovendo a segurança do paciente e contribuindo no processo de cuidado. Também, auxilia na redução de problemas associados a adesão e da morbimortalidade relacionada ao tratamento oncológico”, pontuou a farmacêutica. 

O Hospital Santa Izabel (HSI) tem uma tradição consolidada no Ensino e Pesquisa, sendo certificado como Hospital de Ensino pelos Ministérios da Saúde e da Educação, desde 2006.  

Fundada em 2005, a Diretoria de Ensino e Pesquisa do HSI tem como objetivo proporcionar a expansão do potencial e capacidade para contribuir no aperfeiçoamento prático dos profissionais de saúde aliado à postura ética. 

As atividades de ensino no HSI envolvem convênios com instituições públicas e privadas, em várias fases da formação profissional (cursos profissionalizantes, cursos de graduação e pós-graduação), desde os momentos iniciais, caracterizados pelas visitas e práticas observacionais, evoluindo até os períodos de estágios curriculares obrigatórios e internato médico. 

Certificações
Selo Diamante em Hemodinâmica
Selo Diamante em Hemodinâmica

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Santa Izabel foi o primeiro da Bahia a receber a mais alta certificação de qualidade nos procedimentos de hemodinâmica e cardiologia intervencionista, conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Menos de dez serviços de hemodinâmica alcançaram essa certificação no Brasil. 

O selo diamante, concedido em parceria com o IQG - Health Services Accreditation é considerado o nível máximo de qualidade. Ele atesta o compromisso da unidade com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente, a qualificação profissional e a melhoria dos processos.

Certificação Internacional QMentum Diamond
Certificação Internacional QMentum Diamond

O Hospital Santa Izabel conquistou em agosto de 2019 a certificação internacional QMentum, que atesta práticas de gestão e de assistência mais transparentes e seguras, igualadas a padrões de excelência internacionais. O modelo da Acreditação QMentum International possui as seguintes diretrizes de avaliação: foco epidemiológico, acessibilidade, segurança, segurança ocupacional, cuidado centrado no paciente, continuidade do cuidado, efetividade e eficiência. O Hospital Santa Izabel tornou-se integrante QMentum International IQG em 2017, quando iniciou a adequação e melhoria dos processos internos, como forma de garantir a maior segurança e qualidade assistencial e a redução dos riscos no ambiente hospitalar.

HIMSS EMRAM 7
HIMSS EMRAM 7

O Hospital Santa Izabel conquistou, em 2019, a certificação da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 e se tornou o oitavo hospital brasileiro a ser reconhecido pela metodologia considerada uma das mais importantes a auxiliar a transformação digital de unidades de saúde. Para tal, a Santa Casa da Bahia ampliou os investimentos para implementar novas soluções tecnológicas com capacidade de melhorar a qualidade e segurança da assistência ao paciente e transformar o Santa Izabel no primeiro hospital digital do Estado.

2019 - 2022. Santa Casa da Bahia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital