13h30

HSI realiza cirurgia pioneira no Brasil para retirada de lesões malignas com mais precisão

Compartilhe
Tamanho do Texto
HSI realiza cirurgia pioneira no Brasil para retirada de lesões malignas com mais precisão

As equipes de Urologia e de Medicina Nuclear do Hospital Santa Izabel (HSI) realizaram, na manhã desta quinta-feira (4), uma cirurgia pioneira no Brasil, guiada por uma molécula radioativa, o PSMA (Prostate-specific Membrane Antigen).

O procedimento consiste na injeção de PSMA no paciente para demarcar as metástases de próstata. Logo depois, é inserida uma sonda detectora de radiação, chamada Gama Probe, que localiza as lesões malignas com mais precisão.

“Desta forma, temos mais assertividade no procedimento, minimizando impactos e tornando a cirurgia menos agressiva”, avalia a médica nuclear e Responsável Técnica do Serviço de Medicina Nuclear do HSI, Adelina Sanches.

Nesta quinta (4) foi realizada uma “linfadenectomia”, que é a retirada de linfonodos malignos, provenientes da metástase do câncer de próstata. Por se tratar de uma pesquisa, não houve nenhum custo para o paciente.

Segundo a médica, apesar de estar em fase de testes no Brasil, o procedimento já é realizado na Europa e não existe nenhum relato de contraindicação ou efeito colateral após a injeção desse material. 
“Nossa expectativa é que o medicamento seja acatado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e possa ser reconhecido também pelos planos de saúde. Ficamos contentes em sermos pioneiros mais uma vez”, comemora a médica.

De acordo com o médico urologista do HSI, Eduardo Café, foi realizado um procedimento laparoscópico guiado, o que minimizou o tempo cirúrgico.
“Esse método também reduzirá as complicações e o tempo de internamento do paciente, já que o procedimento foi realizado com mais precisão”, observou o médico.

Participaram também da cirurgia os urologistas Jailton Campos e Bruno Suffredini, além do biomédico de Medicina Nuclear, Gabriel Bastos.

Sobre o PSMA - O HSI já utiliza a molécula PSMA, desde 2018, para diagnóstico do câncer de próstata. Este ano, a mesma molécula foi usada pela primeira vez no hospital para o tratamento de câncer de próstata em estágio avançado. 
Desta vez, o PSMA foi aplicado em caráter experimental em um paciente que teve indicação de cirurgia para a retirada das metástases, porém, sendo submetido à cirurgia radioguiada.

 

Na foto:

- Dra Adelina Sanches - Médica Nuclear - Responsável Técnica do Serviço de Medicina Nuclear
- Dr Eduardo Café - Médico Urologista
- Dr Jailton Campos - R2 Urologia
- Dr Bruno Suffredini - R3 Urologia
- Gabriel Bastos - Biomédico Medicina Nuclear

Certificações
Selo Diamante em Hemodinâmica
Selo Diamante em Hemodinâmica

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Santa Izabel foi o primeiro da Bahia a receber a mais alta certificação de qualidade nos procedimentos de hemodinâmica e cardiologia intervencionista, conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Menos de dez serviços de hemodinâmica alcançaram essa certificação no Brasil. 

O selo diamante, concedido em parceria com o IQG - Health Services Accreditation é considerado o nível máximo de qualidade. Ele atesta o compromisso da unidade com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente, a qualificação profissional e a melhoria dos processos.

Acreditação com Excelência ONA 3
Acreditação com Excelência ONA 3

O Santa Izabel tem Acreditação com Excelência referente a três níveis: Segurança do Paciente, Gerenciamento de Risco e Rotina, e os indicadores de Qualidade e de Desempenho. A Acreditação é emitida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e é o nível máximo obtido a nível nacional. A assistência ambulatorial e hospitalar contempla os pacientes particulares e conveniados às principais operadoras e planos de saúde, além dos usuários encaminhados para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Certificação Internacional QMentum Diamond
Certificação Internacional QMentum Diamond

O Hospital Santa Izabel conquistou em agosto de 2019 a certificação internacional QMentum, que atesta práticas de gestão e de assistência mais transparentes e seguras, igualadas a padrões de excelência internacionais. O modelo da Acreditação QMentum International possui as seguintes diretrizes de avaliação: foco epidemiológico, acessibilidade, segurança, segurança ocupacional, cuidado centrado no paciente, continuidade do cuidado, efetividade e eficiência. O Hospital Santa Izabel tornou-se integrante QMentum International IQG em 2017, quando iniciou a adequação e melhoria dos processos internos, como forma de garantir a maior segurança e qualidade assistencial e a redução dos riscos no ambiente hospitalar.

HIMSS EMRAM 7
HIMSS EMRAM 7

O Hospital Santa Izabel conquistou, em 2019, a certificação da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 e se tornou o oitavo hospital brasileiro a ser reconhecido pela metodologia considerada uma das mais importantes a auxiliar a transformação digital de unidades de saúde. Para tal, a Santa Casa da Bahia ampliou os investimentos para implementar novas soluções tecnológicas com capacidade de melhorar a qualidade e segurança da assistência ao paciente e transformar o Santa Izabel no primeiro hospital digital do Estado.

2019 - 2021. Santa Casa da Bahia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital